Norgine – Portefólio líder em Gastrenterologia
 
 
Há mais de um século que a Norgine se assume como empresa farmacêutica líder na Europa, em constante inovação com o objetivo de oferecer produtos que transformem vidas. A Gastrenterologia é uma das áreas terapêuticas em que mais tem apostado, destacando-se no seu portefólio, em Portugal, produtos como Gelsectan®, gama Movicol®, Moviprep®, Normacol® Plus e Plenvu®. Entre as restantes áreas terapêuticas em que a Norgine se destaca igualmente contam-se a Hepatologia, Cuidados Intensivos e de Suporte, Ginecologia/Obstetrícia, Hematologia e a Estomatologia.

Só em 2020, a Norgine fez a diferença na vida de 22 milhões de doentes em todo o mundo, com um consequente impacto direto nos sistemas de saúde dos países onde os seus produtos estão disponíveis.
 
 

SII – um desafio clínico

A síndrome do intestino irritável (SII) é um dos distúrbios gastrintestinais mais frequentes, estimando-se que afete cerca de 11% da população mundial, de acordo com os critérios de diagnóstico usados1. Cerca de 30% das pessoas que apresentam sintomas de SII pedem ajuda a um médico para os resolver2, sendo que a SII pode afetar uma a cinco pessoas nalgum momento das suas vidas3, acabando por ter um impacto significativo em termos de qualidade de vida e de utilização de recursos de saúde.2,4
A explicação atualmente mais aceite sobre a origem da SII assenta num modelo biopsicossocial, incluindo a interação entre fatores psicológicos, comportamentais, psicossociais e ambientais5, o que leva a que a SII seja vista como um desafio clínico.
 
 
Gelsectan® na SII-D: porquê?

Cerca de 40% das pessoas que sofrem de síndrome do intestino irritável relatam a diarreia como o sintoma dominante (SII do subtipo D). Estas pessoas tendem a apresentar dor abdominal (o sintoma principal da SII) acompanhada de fezes moles, cólicas, defecações incompletas, muco nas fezes, sendo que a diarreia aguda é um sintoma comum.1
Gelsectan®, disponível no mercado português desde 2018, é um dispositivo médico destinado a normalizar a permeabilidade intestinal, que se encontra aumentada nas pessoas com SII-D. Alguns medicamentos, assim como a introdução de alterações alimentares e de estilo de vida, podem ajudar a controlar alguns sintomas, mas não interferem nos processos fisiopatológicos da SII. É neste contexto que se destaca o contributo trazido por Gelsectan®, um produto inovador à base de xiloglucano, um polissacarídeo extraído da semente de tamarindo (Tamarindus indica), que atua como biobarreira protetora, diminuindo a permeabilidade do epitélio intestinal. É também composto por proteínas de ervilha e extrato de semente de uva - proteínas reticuladas que formam uma película mucoadesiva no lúmen intestinal, prolongando o contacto do xiloglucano - e ainda por xilooligossacarídeos, que funcionam como prebióticos, estimulando o crescimento de bifidobactérias, contribuindo para restaurar o microbioma intestinal.1
Por atuar através de um mecanismo totalmente mecânico, Gelsectan® é um dispositivo médico e não um medicamento. Desta forma, não interfere nos processos metabólicos ou recetores a nível intestinal e não é absorvido, o que se traduz num perfil de segurança favorável, podendo ser prescrito em simultâneo com tratamentos farmacológicos.3
Devido ao número crescente de resultados positivos em diversos ensaios clínicos2,4,6,7 os dispositivos médicos que contêm xiloglucano são atualmente reconhecidos como alternativa terapêutica na SII com predomínio de diarreia, em adultos e crianças.
 
 

Eficácia e segurança de Gelsectan® comprovadas

De acordo com os resultados obtidos num estudo3 levado a cabo para avaliar a eficácia e segurança de Gelsectan®, ao fim de 28 dias de tratamento, 87% dos doentes apresentavam fezes normais (escala de Bristol 3/4) e apenas 3% relatavam dor abdominal e 13% distensão abdominal. Ao fim de 56 dias de tratamento, a eficácia de Gelsectan® mantinha-se, com 93% de doentes a apresentarem fezes normais e somente 3% relatavam dores abdominais e 7% distensão abdominal.
Gelsectan® é uma opção eficaz e segura de tratamento não farmacológico para o tratamento da SII-D, contribuindo para a remissão da diarreia na grande maioria dos doentes e melhorando significativamente a dor e distensão abdominais. Este dispositivo médico melhora a qualidade de vida e o estado geral de saúde das pessoas com SII-D, sendo bem tolerado.1
 

Referências

1. Canavan, Caroline, Joe West e Timothy Card (2014), “The epidemiology of irritable bowel syndrome”, Clinical Epidemiology, 6.
2. Condratovici, Catalin Plesea, Vladimir Bacarea e Núria Piqué (2016), “Xyloglucan for the Treatment of Acute Gastroenteritis in Children: Results of a Randomized, Controlled, Clinical Trial”, Gastroenterology Research and Practice, Epub (3 de maio).
3. Chey WD, Kurlander J e Eswaran S (2015), “Irritable bowel syndrome: A clinical review”, JAMA, 313.
4. Alexea, Octavian, Vlad Bacarea e Núria Piqué (2015), “The combination of oligo-and polysaccharides and reticulated protein for the control of symptoms in patients with irritable bowel syndrome: Results of a randomised, placebo-controlled, double-blind, parallel group, multicentre clinical trial”, United European Gastroenterology Journal, 4(3)
5. Cashman MD, Martin DK, Dhillon S et al. (2016), “Irritable bowel syndrome: A clinical review, Curr Rheumatol Rev 2016; 12.
6. Trifan, Anca et al. (2019), “Efficacy and safety of Gelsectan for diarrhoea-predominant irritable bowel syndrome: A randomised, crossover clinical trial”, United European Gastroenterology Journal, 7(8).
7. Gnessi, Lucio et al. (2015), “Xyloglucan for the treatment of acute diarrhea: results of a randomized, controlled, open-label, parallel group, multicentre, national clinical trial”, BMC Gastroenterology, 15.

 
Estudos científicos recentes que poderão interessar-lhe:

 

 
03/2021

“Humoral response to COVID-19 infection in immunosuppressed patients with inflammatory bowel disease”

 European Journal of Gastroenterology & Hepatology

 
 
02/2021

“Residential Greenspace in Childhood Reduces Risk of Pediatric Inflammatory Bowel Disease: A Population-Based Cohort Study” 

The American Journal of Gastroenterology

 
 
02/2021

“GWAS of peptic ulcer disease implicates Helicobacter pylori infection, other gastrointestinal disorders and depression”

 Nature Communications

 
 
02/2021

“Biologics During Pregnancy in Women With Inflammatory Bowel Disease and Risk of Infantile Infections: A Systematic Review and Meta-Analysis”

 The American Journal of Gastroenterology

 
 
01/2021

“The fecal mycobiome in patients with Irritable Bowel Syndrome”

 Scientific Reports

 
 
01/2021

“Local immune response to food antigens drives meal-induced abdominal pain”

Nature

 
 
 
Gelsectan® cumpre a legislação em vigor em matéria de dispositivos médicos
Gelsectan® é uma marca comercial de DEVINTEC SAGL. Licenciada ao grupo de empresas Norgine.
Gelsectan® é um dispositivo médico. Para mais informações consulte as instruções de utilização e/ou contacte com o distribuidor local: Norgine Portugal Farmacêutica, Unipessoal LDA.
ES-GE-GEL-2100073. 04/2021
 
 

NORGINE e o logotipo são marcas registadas do grupo de empresas Norgine